sexta-feira, 14 de março de 2008

felicidade mutua

Hoje descobri que já não o amo
Descobri que talvez,
Confundi o amor com amizade
e só agora vi a verdade...

SIM! É REAL!
Que feliz que eu estou
que grande alívio
Saber que quebrei a maldição.

Estou livre!SIM!
Nem acredito!
Acho que quando olho para trás
Só vejo dois bons amigos.


Hoje quando me contaram
Que eu não era correspondida,
Não me senti nem perdida
Senti...um vazio enorme
e inesperadamente uma grandiosa alegria.


Não senti nada!
Não senti dor!
Não chorei como faria antes,
Quando o amava verdadeiramente.


Continuo à espera do amor
À espera do esmagador sentimento
Que me vai deixar louca
De alegria ou de tristeza.
Que assim seja.
Aceitarei o destino sem medo...

Autor: Ana Martins

1 comentário:

PatriciaCorreia disse...

gostei principalmente da ultima parte
"Continuo à espera do amor
À espera do esmagador sentimento
Que me vai deixar louca
De alegria ou de tristeza.
Que assim seja.
Aceitarei o destino sem medo..."


tens mesmo jeito !
beijo

parabens pelos poemas fantasticos!
:D