sábado, 29 de março de 2008

A Noite

Noite fria e escura,
Que me fazes companhia
Quero sentir
Teu toque de doçura...

Noite solitária,
Que cobres
Tudo com teu manto sombrio;
Vem a mim, ó lendária
Quero te ter ao meu lado!

Ó noite estrelada,
Que com teu tecto me proteges,
Sinto-me lisonjeada
Por tua companhia merecer!

Minha eterna amiga
Canta-me aquela cantiga,
Que me faz adormecer
Sobre o teu olhar de enternecer...

Não te vás embora,
Pois logo vem o sol
Que abre o primeiro girassol,
Como quem diz:"está na hora".

Não quero envelhecer
Deixa-me contigo ficar!
Não quero a minha vida a correr
Quero a minha juventude para variar...

Se eu pudesse contigo viajar
Tocava nas estrelas repletas de magia!
Sentiria o teu braço forte
E contigo morreria.

Noite...Leva contigo
As minhas agonias,
E limpa-me a alma
Tão suja de desilusões!!

Noite fascinante
P´ra mim és como uma amante,
Admiro-te de longe,
E espero que o dia acabe
Para contigo de novo ficar,
Ficar para sonhar...

Autor:Ana Martins

1 comentário:

PatriciaCorreia disse...

ta espetacular !
:D
gostei !
mesmo a serio !
:D
tens mm bue talento !
:D
beijO*