sexta-feira, 28 de março de 2008

tempo

Mais um segundo passou;
Mais um minuto voou;
Mais uma hora correu;
Mais um dia de quem morreu...

Uma semana acabou,
E o mês foi passando,
O ano inteiro cantando,
Mais uma década voando.

Tempo, Tempo meu,
Que me foges por entre os dedos
Sorte de quem perdeu
A triste vida de medos....

Vagueio pela rua,
Rua de amargura e dor;
Todo o encanto e calor
Caíu para ficar nua!!

Vida atroz e selvagem
Que corres junto ao tempo,
Esse teu companheiro viagem
Que te faz dormir ao relento...

Ó cruel destino
Que me fazes caminhar para a morte,
Já ouço o grande sino
A tocar com grande porte....

Tempo que levas a minha juventude
Porque me deixas nesta inquietude?
Levas-me tudo o que tenho no coração,
Para me deixares na solidão!!!

Procuro a paz dentro de mim
Mas porque tem de ser assim?
Não te posso parar,ó veloz tempo
Pois corres como o vento....

Autor: Ana Martins

1 comentário:

PatriciaCorreia disse...

gostei imenso !
gostei do tema..
o tempo..
e verdade..
ele passa a correr..

beijO*